DRAGON BALL SUPER, O MANGÁ


A grande volta da série depois de 18 anos, em sua nova saga!

Neste último sábado, dia 20 que o mangá de Dragon Ball Super saiu nas páginas da revista V Jump. Com mais ou menos 15 dias de antecedência da estreia do novo anime de Dragon Ball – depois de 18 anos de GT – é legar ver o grupo de Goku de volta para novas aventuras. As notícias falam que, Super se passará logo após o arco de Majin Boo e vem pra complementar Dragon Ball Kai e os dois filmes que saíram, A Batalha dos Deuses e A Ressurreição de Freeza.
A V Jump é a mensal da Shueisha e tem diversas séries da própria Shounen Jump. A revista iniciou em 1993 e veio ganhando espaço com algumas séries como Yu-Gi-OH e uma vitrine de histórias para empresas como Capcom e Square-Enix.
Dragon Ball Super conta com uma nova história e original de Akira Toriyama, mas com o traço de Toyotarou, o mesmo autor que fez a adaptação de ‘A Batalha dos Deuses’ para o mangá.
O plot do mangá começa mais ou menos nessa pegada onde vemos Goku dirigindo uma espécie de trator e anda cuidando do campo. Não é que ele acaba aproveitando a folga de seu filho mais novo, Goten, pedindo-o para ajudá-lo.
Já de cara dá pra perceber quem é que manda ainda no relacionamento, e ChiChi quer que Goku arranje um emprego! Tem que trabalhar e conseguir dinheiro!
Este primeiro capítulo, que conta com 17 páginas, temos a exposição de dois núcleos e além do já citado, somos levados até uma outra galáxia e planeta, onde temos Bills e Whis discutindo sobre uma “premonição” onde enfrentariam um tal de ‘Super Saiyajin Deus’. Com isso, já sabemos onde ‘A Batalha dos Deuses’ poderá ser encaixada! 
Já podemos esperar um nível de luta exorbitante; Pelo menos é o que se pode notar nesta leitura do primeiro capítulo. Se teremos histórias ou arcos separados, não dá pra saber, mas que Majin Boo seria apenas um breve começo do nível de poder, já deu pra notar.
Fonte: otaku.com.br



Tecnologia do Blogger.